Páginas

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Plantas Medicinais - A Arruda e seus Beneficios

  Ruta graveolens
Nome Cientifico : Ruta graveolens L.
Nome Populares: Arruda, Arruda-dos-jardins, Arruda-domestica, Arruda-fedorenta, Ruda, Ruta-de-cheiro-forte, Erva-das-bruxas e etc.
Princípios ativos: Flavonoides, principalmente a rutina.
Cumarinas e os alcaloides: rutalinium e rutalidina.
Óleos essenciais: metilcetonas, pineno, limoneno, bergapteno, xantotoxina.
Usos Terapêuticos: Antiespasmódico, antiinflamatória, analgético para cefaleia, alivia conjuntivites e atites, emoliente, emenagogo, vermifugo, sarnicida, sudorifica, repelente de insetos, mata piolho e pode causar abortos.
A rutina aumenta a resistência vascular, por isto é utilizada no tratamento de varizes e flebite, anti-helmíntico, carminativo, antiespasmódico, estimulante, antiinflamatório tópico e etc.

A arruda é, ainda, muito usada na medicina popular para aliviar dores de cabeça e, segundo os especiaistas, isso pode ser explicado porque ela apresenta um óleo essencial que contém undecanona, metilnonilketona e metilheptilketona. Todas essas substâncias de nomes complicados possuem propriedades calmantes e, ao serem aspiradas, aliviam as dores e diminuem a ansiedade.



Parte utilizada: Toda a planta, talos e folhas


Forma de Uso

Uso externo. Chá por infusão(20g /litro de água) para piolhos,sarna, conjuntivite, dermatites superficiais e úlceras de pele.
Maceração em água: Tintura ou extrato hidroalcoólico na proporção folha / álcool de 1:4 ou 1:5.

Uso Interno. Deve ser evitado, por ser uma planta muito energética em seus efeitos sobre o Sistema Nervoso Central (SNC) e útero, podendo causar hemorragias graves.


Tempo de Uso. Uso tópico pelo tempo que se fizer necessário .
Como uso tópico, o azeite de arruda, obtido com o cozimento da planta, é aplicado para aliviar dores reumáticas.
Efeitos Colaterais. Hemorragias uterinas, efeitos tóxicos sobre o SNC como tontura, cefaleia, confusão mental e até convulsão.


Contra-indicação: Gravidez
O efeito considerado "anticoncepcional" na verdade é abortivo, pois provém da inibição da implantação do óvulo no útero, sendo que a ingestão da infusão preparada com a arruda para esta finalidade é muito perigosa e pode provocar fortes hemorragias.


Curiosidade:

Quanto às propriedades medicinais da arruda é interessante, antes de prosseguir, fazer uma observação: há séculos, divulga-se que a planta apresenta propriedades muito ligadas ao desejo sexual masculino e feminino, mas de formas diferentes: seria um anafrodisíaco (ou anti-afrodisíaco) para os homens e um excitante para as mulheres.
Ainda não foi possível comprovar a veracidade dessas indicações, entretanto, nos escritos (datados de 1551) de Hieronymus Bock, considerado um dos primeiros botânicos da história, havia a recomendação para que monges e religiosos ingerissem a arruda, misturada aos alimentos e às bebidas, para garantir a pureza e castidade. 
A verdade é que esta planta era realmente muito abundante nos jardins dos mosteiros.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário