Páginas

domingo, 10 de setembro de 2017

Plantas Medicinais:

domingo, 5 de junho de 2016

Plantas Medicinais: O Câncer tem cura.

artemisia-annua-300x165
 

Câncer tem cura. “Artemisinina elimina 98% das células cancerosas em apenas 16 horas”

Já reconhecida à mais de 2000 anos pela medicina tradicional chinesa como um poderoso remédio contra a febre e, mais recentemente, contra a malária, Artemisia annua (conhecida também como Losna ou Absinto), é uma planta aromática com qualidades medicinais inequívocas.
Artemisia annua, a erva do ano de 2014, também chamada de losna ou absinto, tem sido usada há séculos na China. Ela era uma terapia à base de plantas perdida até ser redescoberta em manuscritos antigos em 1970. Ela ainda é usada para o tratamento da malária e outros parasitas.
No Vietnã, a família de médicos Hoang tem utilizado a losna para o tratamento de câncer por anos. Ao longo de um período de 10 anos, trataram 400 pacientes com artemisinina, um dos três compostos a partir desta erva, juntamente com um programa nutricional anti-câncer abrangente. Os resultados mostraram 60% de redução das taxas a longo prazo. A família Hoang  recomenda um programa de terapia de dois anos com um câncer ativo.
As células cancerosas precisam de mais ferro do que as células normais para se replicar e crescer. Estudos descobriram que o extrato de losna combinado com ferro tornam as células cancerosas mais suscetíveis aos efeitos citotóxicos; é 100 vezes mais seletiva em matar células cancerosas em oposição a qualquer de suas células normais.
Esta erva é uma dessas curas e pode matar até 98% das células cancerosas em apenas 16 horas.
Já reconhecida à mais de 2000 anos pela medicina tradicional chinesa como um poderoso remédio contra a febre e, mais recentemente, contra a malária, Artemisia annua (conhecida também como Losna ou Absinto), é uma planta aromática com qualidades medicinais inequívocas.
Estudos recentes que usaram a planta para combater as células cancerígenas foram muito surpreendente. 
Assim, numa série de estudos, a artemisinina, uma substância extraída do losna e utilizada em fitoterapia chinesa há séculos, reduz as células do cancro do pulmão de até 28%.
Em combinação com ferro, esta planta incrível mata 98% das células cancerígenas em apenas 16 horas. 
Ainda melhor; ela ataca seletivamente as células “más” sem afetar o tecido saudável.
A erva utilizada por si só, reduz as células de cancro do pulmão em até 28%, mas em combinação com ferro, Artemisia annua "acaba com êxito e completamente" o cancro, e no experimento esta erva não teve impacto sobre células pulmonares saudáveis.
A artemisinina no passado foi usada como um poderoso remédio CONTRA a malária, mas agora está provado que esta cura é também eficaz na luta contra o cancro.  
Quando os cientistas acrescentaram ferro durante a realização do estudo, que mais tarde anexado ao tecido pulmonar, especialmente para as células infectadas com cancro, a artemisinina seletivamente atacou células "más", e deixou as células "boas" intactas
“Em geral, nossos resultados mostram que a artemisinina para o fator de transcrição” E2F1 ‘e está envolvido na destruição de células de cancro do pulmão “, foi indicado na conclusão da pesquisa realizada no laboratório de cancro da Universidade da Califórnia.

Outro estudo da Universidade de Washington, liderado pelo Dr. Henry Lai e Narendra Singh, e até agora, o maior estudo feito à artemisinina nos Estados Unidos mostra que a artemisinina, sempre combinado com ferro, tem uma taxa comprovada de 75% de destruição do cancro da mama após apenas 8 horas e quase 100% de destruição em apenas 24 horas.

As células cancerígenas tendem a acumular mais ferro do que as células normais para promover a divisão celular, eles tornam-se mais suscetíveis à combinação de artemisinina e ferro. Finalmente, muitos outros experimentos foram realizados até agora todos eles têm mostrado que a artemisinina combinada com ferro pode efetivamente destruir o cancro em vários órgãos (intestino, próstata, etc). A infusão de artemisinina já oferece uma boa proteção contra vários tipos de cancro, mas a versão em pó seco seria muito mais eficaz.

Dr. Len Saputo classifica a artemisinina de “bomba inteligente contra o cancro.” 


Fontes Pesquisadas
http://www.portrasdamidiamundial.com/2015/06/cancer-tem-cura-artemisinina-elimina-98.html 
 http://espacodosol.com/blog/?p=10630
 https://www.google.com.br/search?q=artemisinina&client=firefox-b&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwixgcq7mZLNAhVFXh4KHZsdAk8Q_AUIBygB&biw=1366bih=657#imgrc=Oc1AQwDr7FmUPM%3A

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Plantas Medicinais: Para que serve Arruda !!

Ruta graveolens arruda 
Nome Cientifico Ruta graveolens
Nome Popular : Arruda, arruda-fedida, arruda-fedorenta, arruda-domésticaarruda-dos-jardinsruta-de-cheiro-forte.
A arruda é conhecida popularmente como a planta que espanta o mal olhado, também é utilizada na sabedoria popular para provocar o aborto, fazendo descer a menstruação.
Histórico: É um substrato muito cultivado nos jardins, em todo o mundo, por causa de suas folhas folhas fortemente aromáticas.
Cresce até um metro, mais ou menos, de altura.
Haste lenhosa, ramificada desde a base.
Folhas alternadas, pecioladas, carnudas, glaucas, compostas, de até 15 cm de comprimento.
Seus folíolos sésseis também se dividem em 2 ou 3.
Inflorescência em umbelas. Flores pequenas verde-amarela. Cálice de 4 ou 5 sépalas lanceoladas, agudas. Corola de 4 ou 5 pétalas côncavas superiormente.
Fruto capsular de 4 ou 5 lobos salientes e rugosos, abrindo-se superior e interiormente em 4 ou 5 valvas. No interior de cada lóculo há uma semente reniforme, rugosa, pardacenta.

Para que serve 

Uso: O principal uso desta planta é nas regras suprimidas bruscamente. Seus efeito é fortemente emenagogo.

Como Usar 

Dose: 2 a 3 gramas para um litro de água por infusão; duas xícaras por dia. Tenha-se o cuidado de não usar quantidades maiores. Ao mesmo tempo, banhando-se os pés em água quente.

O chá de arruda também é bom como calmante dos nervos.

Extremamente aplicado, um chá em dose mais forte (20 gramas para 1 litro de água), mata piolhos. O pó das folhas secas servem para o mesmo fim.

Para afugentar lombrigas, fervem-se 20 gramas de arruda em um litro de azeite comestível, e tomam-se 2 a 3 colheres de chá, por dia .

O chá é supra indicado também para o controle das vermes intestinais. Pega-se de 8 a 10 gramas de folha de arruda, para um litro de água.

Para combater a sarna, prepara´se um chá (20 gramas para 1 litro de água), no qual molha-se um pano ou algodão, e passa sobre as partes afetadas. 

O mesmo chá é bom para lavar feridas. Também as folhas frescas frescas, machucadas, aplicadas sobre feridas velhas, são de bom efeito curativo.

Princípios Ativos :
Rica em arborina, arborinina, egama-fagarina;
alcaloides nas raízes: acridonas - rutacridona e hidroxirutacridona;
Outros alcaloides: graveolina, graveolinina, kokusaginina, rutacridona, e esquimianina.
Flavonoides: rutina, óleo volátil: nonilcetona metílica, cetonas, ésteres, efenóis; furocumarinas: bergapteno, psoraleno, xanloxanlina, xantotoxina, isopimpinelina, e rutamarina; a hexo-dehydrochalepina foi sintetizada a partir da rutamarina.

A substância chamada rutina é a responsável pelas principais propriedades da arruda. Ela é usada para aumentar a resistência dos vasos sanguíneos, evitando rupturas e, por isso é indicada no tratamento contra varizes.

Contra indicação e cuidados : Na gestação e na lactação é contraindicada em ambos os casos. Não deve ser ingerida por mulheres em idade fértilgravidez, lactação, crianças, idosos, pessoas sensíveis.

Efeitos colaterais: O efeito antispasmódico ocorre em doses relativamente pequenas, o planta somente deve ser usada com acompanhamento de profissional gabaritado.

As furocumarinas foram associadas com uma fotossensibilidade, resultando em bolhas na pele após o contato com a planta seguida por exposição solar. Isso ocorre em pessoas que coletam a arruda fresca e também foi relatado em pessoas que esfregaram a arruda fresca na pele como um repelente de insetos. O óleo volátil é irritante, podendo resultar em danos renais e degeneração hepática se ingerido.

Fontes Pesquisadas
Livro : A cura pelas Plantas -Fossat G, André, 4ª Edição Editora ECO
http://www.plantasquecuram.com.br/ervas/arruda.html#.V0ySFfkrLIU#ixzz4AAVYGfb3

As frutas que o Diabético deve evitar

FRUTAS PROIBIDAS PARA DIABÉTICOS
O diabetes é uma doença em que o metabolismo de açúcares fica comprometido. 
Muitas pessoas acreditam que quando são diagnosticados com diabetes, não poderão mais comer muitos alimentos que costumavam comer antes do diagnóstico. 
Também pensam que como os frutos são doces, estão carregados com açúcares e então devem ser evitados. 
Então, estas afirmações são verdadeiras? 
Há frutas que de fato são proibidas para as pessoas com pré-diabetes ou diabetes? 
A resposta é não! 
A seguir, vamos derrubar esse mito sobre frutas proibidas para pessoas com diabetes.
A pergunta que não quer calar… Existem frutas proibidos para diabéticos? 
Não, as pessoas com diabetes podem comer as frutas que desejarem. 
Então, de onde surgiu esta concepção equivocada? 
A resposta para isso está associada ao índice glicêmico dos alimentos e à maneira como funciona o metabolismo das pessoas com diabetes. 
As frutas contêm vitaminas, minerais, fibras e carboidratos; e estes últimos são os que causam maior preocupação.
Como as frutas são ricas em fibras solúveis e insolúveis, parte de seus carboidratos não são absorvidos na corrente sanguínea, e os que são, fazem isto lentamente. 
Isso evita que se apresentem os perigosos picos de açúcar no sangue. 
Quanto maior a quantidade de fibras de um alimento, menor o índice glicêmico (efeito do alimento no açúcar no sangue), e melhor é este alimento para quem sofre de diabete.
Não é verdade que existem frutas que as pessoas com diabetes não possam comer, mas o controle da porção é fundamental para evitar os temidos picos de açúcar no sangue. 
Hoje em dia, os médicos recomendam comer uma média de 4 a 5 porções de frutas por dia. 
Cada porção não deve ser superior a 15 g de carboidratos. 
Então, como podemos calcular a porção certa de fruta, mantendo em mente as sugeridas 15 g de carboidratos?
Em primeiro lugar, as melhores opções de frutas para quem tem diabetes são as frutas frescas. 
A segunda opção seriam as frutas congeladas e enlatadas, sem adição de açúcar. 
Os diabéticos devem manter distância ou consumir em quantidades muito pequenas as conservas de frutas em calda de açúcar, sucos de frutas com adição de açúcar, e geleias. 
Agora vamos falar sobre as porções. 
Uma porção de fruta equivale a 1 fruta média, ½ copo de suco de frutas frescas, ½ xícara de frutas frescas ou congeladas. 
As bagas pequenas e melões têm a mesma quantidade de carboidratos em ¾ a 1 xícara de frutas.
Resumindo, de uma maneira geral, não há frutas que estejam fora do alcance das pessoas com diabetes. 
Na realidade, os frutos devem ser incorporados à nossa dieta diária, já que estão carregados com vitaminas, minerais e fibras essenciais, os quais irão beneficiar a sua saúde geral, ajudando a controlar o peso, colesterol e no detox do organismo! 
Conte-nos sobre suas frutas favoritas, e sobre o que você pensa sobre frutas e sua importância para as pessoas com diabetes!
Saber quais são as frutas mais recomendadas para diabetes é importante para evitar os picos de glicemia, que podem ocorrer ao consumir grandes quantidades de frutas ou sucos, especialmente quando são ricas em carboidratos, como banana, figo e tamarindo.
A melhor escolha é consumir a fruta fresca, principalmente aquelas ricas em fibras ou que podem ser consumidas com casca, como maçã, pera e laranja, pois a fibra ajuda a diminuir a velocidade que o açúcar é absorvido, mantendo a glicemia controlada.

Frutas permitidas na diabetes

Todas as frutas podem ser consumidas pelos diabéticos, desde que em pequenas quantidades para não estimular o aumento do açúcar no sangue. 
Além disso, a melhor opção são aquelas frescas com bagaço e casca, podendo também serem utilizadas frutas congeladas ou enlatadas sem adição de açúcar na calda.
Em geral, recomenda-se consumir de 3 a 5 unidades por dia, lembrando que 1 fruta fresca média contém cerca de 15 g de carboidratos, o que também é encontrado em 1/2 copo de suco ou em 2 colheres de sopa de frutas secas.
Veja na tabela a seguir a quantidade de carboidratos presentes nesses alimentos:
Fruta (100 g)Quantidade de carboidrato
Abacate, 1 unidade média25,8 g
Abacaxi, 1 fatia média9,2 g
Banana prata10,4 g
Goiaba vermelha22,1 g
Laranja baía, crua20,7 g
Maçã21,6 g
Mamão papaya, 1 unidade média32,2 g
Melancia, 1 fatia média16,2 g
Pera17,6 g
Tangerina12,9 g
Uva, 1 cacho pequeno23,1 g

Também é importante lembrar que o suco contém mais açúcar do que a fruta fresca e menos fibras, o que faz com que a sensação de fome volte logo e o açúcar no sangue aumente mais rapidamente após a ingestão. 
Além disso, antes do exercício também é importante fazer uma refeição adequada para evitar que os níveis de açúcar fiquem muito baixos. 

Frutas que devem ser controladas

Algumas frutas devem ser consumidas com moderação pelos diabéticos por conterem mais carboidratos ou por terem menos fibras, o que facilita a absorção do açúcar no intestino. 
Os principais exemplos são ameixa em calda enlatada, açaí polpa, banana, jaca, pinha, figo e tamarindo.
Uma dica para evitar o aumento da glicemia é consumir as frutas juntamente com alimentos ricos em fibras, como aveia em flocos, biscoito integral ou na sobremesa de refeições que contenham salada, como o almoço ou o jantar. 
Fontes pesquisadas
https://healthunlocked.com/anad/posts/131670946/frutas-proibidas-para-diab%C3%A9ticos
http://blogbr.diabetv.com/pessoas-com-diabetes-podem-comer-bananas/

Comer banana é Prejudicial ao Diabetico?


PESSOAS COM DIABETES PODEM COMER BANANAS? 

PESSOAS COM DIABETES PODEM COMER BANANAS?
Saber quais são as frutas mais recomendadas para diabetes é importante para evitar os picos de glicemia, que podem ocorrer ao consumir grandes quantidades de frutas ou sucos, especialmente quando são ricas em carboidratos, como banana, figo e tamarindo.
Esta deliciosa fruta tropical é parte de um mito em relação às pessoas com diabetes sobre o que podem ou não comer.
Mais uma vez repetiremos: Uma pessoa com diabetes pode comer frutas sem qualquer problema, até mesmo desfrutar de uma banana. 
O segredo está no tamanho da porção e em que hora consumí-la.
Importantes organizações em todo o mundo, incluindo a American Diabetes Association, a Academy of Nutrition and Dietetics e a British Association of Diabetes UK recomendam e consideram a banana como uma fruta segura e benéfica para os diabéticos, dentro de um plano de alimentação que leve em conta o controle do tamanho das porções, bem como, que estejam distribuídas ao longo das refeições diárias.
Sendo naturalmente livre de colesterol, gordura e sódio, rica em potássiofibras, manganês, vitaminas B6 e C, a banana é perfeita quando se considera uma porção dela.
Geralmente considera-se uma porção a quantidade de fruta que contenha 15 g de açúcar. No caso da banana, nós lhe daremos os valores nutricionais para meia porção e para porção inteira, assim, você pode ter uma ideia do valor que representa uma porção:
• meia xícara de bananas cortadas: 8 g de açúcar, de 2 a 2,5 g de fibras e cerca de 68 calorias.
1 banana média: aproximadamente 18 cm (comprimento de um lápis): 15 g de açúcar, 3 gramas de fibras, e 105 calorias.
Índice Glicêmico de uma Banana
O índice glicêmico varia de acordo com a maturação da banana. 
Quanto mais madura, maior o índice glicêmico. 
Isto porque o amido (carboidrato complexo) presente na banana vai sendo transformado em açúcar conforme o fruto vai amadurecendo. 
A banana madura, com a casca completamente amarela, tem um índice glicêmico de 52 (baixo índice glicêmico) e é perfeita para o consumo.
Benefícios da Banana para a saúde
Como citado acima, a banana é uma excelente fonte de vitamina B6 e uma boa fonte de vitamina C, fibras, potássio, cobre, magnésio e manganês.
Outros benefícios incluem:
• Contém triptofano, uma proteína que é convertida em serotonina dentro do corpo.Esta última contribui para a sensação de relaxamento, melhora o humor e faz-nos sentir bem.
• Possui pequenas quantidades de antioxidantes que podem ajudar a prevenir danos às células e tem efeito antienvelhecimento: luteína, zeaxantina (zea-xantina) e carotenos.
• Tem um tipo de agentes anticancerígenos, conhecidos como lectinas.
Finalmente, é recomendável manter as Bananas sempre à temperatura ambiente, pois é a melhor maneira de mantê-las frescas.
Agora você sabe… Alguém com diabetes pode comer bananas. 
Em média 3 porções por semana, dentro de um plano alimentar bem equilibrado, permitirá que você desfrute deste excelente fruto, sem problemas!

Fontes Pesquisadashttp://blogbr.diabetv.com/pessoas-com-diabetes-podem-comer-bananas/
https://www.google.com.br/search? =banana+nanica+faz+mal+para+diabeticos&espv=2&biw=1366&bih=643&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwjtsLGn84HNAhUKIJAKHRnRAF4Q_AUICSgE&dpr=1#imgrc=70_2Wac3dxnIOM%3  
 https://www.google.com.br/search?q=banana+nanica+faz+mal+para+diabeticos&espv=2&biw=1366&bih=643&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwjtsLGn84HNAhUKIJAKHRnRAF4Q_AUICSgE&dpr=1#imgrc=Lz9krCnupxDEbM%3A

quarta-feira, 18 de maio de 2016

A Arteriosclerose e o tratamento pelas Plantas

    CAMU CAMU

O que é Arteriosclerose?

  Arteriosclerose ocorre quando as artérias que levam oxigênio e nutrientes a partir do coração para o restante do corpo tornam-se duras e estreitas. 
Isto faz com que o fluxo de sangue seja prejudicado. 
As artérias saudáveis são flexíveis, mas ao longo do tempo podem endurecer. 
Por isso, arteriosclerose é um problema muito associado ao envelhecimento.
 
Existem cinco tipos de arteriosclerose. São eles:
  • Aterosclerose: ocorre quando a gordura, o colesterol e outras substâncias levam ao endurecimento e estreitamento das artérias. 
      Ela pode ocorrer em qualquer parte do corpo, incluindo o coração, pernas e os rins
  • Doença arterial coronariana: Esta condição ocorre quando as artérias coronárias do coração tornam-se duras. 
      As artérias coronárias são os vasos sanguíneos que fornecem oxigênio e sangue ao tecido muscular do coração
  • Doença da artéria carótida: As artérias carótidas são encontrados em seu pescoço e fornecem sangue para o cérebro. Estas artérias podem ser comprometidas se a placa se acumula em suas paredes. 
      A falta de circulação pode causar uma diminuição de sangue e oxigênio para os tecidos e as células do cérebro
  • Doença arterial periférica: Suas pernas, braços e parte inferior do corpo dependem dessas artérias para fornecer sangue e oxigênio para os tecidos. 
      Artérias endurecidas na região podem causar problemas de circulação nestas áreas do corpo
  • Doença renal: As artérias renais fornecem sangue para os rins. Rins filtram os resíduos e água extra a partir de seu sangue. Quando eles não podem filtrar adequadamente, os resíduos se acumulam dentro das artérias renais, tornando-os difíceis. 
      Os vasos endurecidos podem levar à insuficiência renal.
 
Receita Natural

 
- 02 colheres de sopa de malva;
- 01 limão-galego cortado com a casca;
- 03 dentes de alho picadinhos;
-  03 xícaras de  água

Modo de Fazer
Macere bem as ervas indicadas com o limão, cubra com a água fria e deixe em lugar fresco por 04 (quatro) a 06 (seis) horas.
Tome de 02 em 02 horas 01(uma) colher de sopa.

Salada de tomate, repolho e cebola, fazem muito bem a quem sofre de arteriosclerose.

O regime vegetariano, valorizando os alimentos crus, aliado ao exercício físico diário, opera resultados extraordinários de recuperação.

Segunda Receita
 
Camu-camu (Myrciaria dubia) ou acerola com abacate
Camu-camu, também chamada de "camucamu", "caçari", "araçá-d'água", ou ainda "camocamo" (Myrciaria dubia; Myrtaceae), é uma árvore frutífera da Amazônia. Descrita inicialmente em 1823 como Psidium dubium Kunth.

- 200 g de camu-camu ou acerola;
- 2 dentes de alho (pode ser em cápsulas gelatinosas);
- ½ abacaxi;
- ½ litro de água.
 
Modo de preparar
Bater no liquidificador sem o alho. 
Tomar com as cápsulas de alho ou com 2 dentes de alho.
 
 
Fontes Pesquisadas:
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/arterioesclerose 
 https://www.google.com.br/search?q=o+que+%C3%A9+arteriosclerose&client=firefox-b&biw=1366&bih=657&source=lnms&tbm=isch&sa=X&sqi=2&ved=0ahUKEwiBi8CFyOPMAhWEQZAKHS-jD-EQ_AUICSgE#imgrc=P4XjH2TJaVLQAM%3A
 http://vitamaissaude.blogspot.com.br/2014/07/aterosclerose-sao-depositos-de-gorduras.html

Maravilhoso poder das Plantas e a cura do Mau Hálito

É fundamental que o paciente recupere a autoestima e a autoconfiança que são abalados com a halitose

Mau Hálito, tem cura Natural?

Segundo a Associação Brasileira de Halitose cerca de 30% da população sofre com este problema, ou seja, mais ou menos 50 milhões de pessoas passam ou já passaram pelo constrangimento de exalar um odor ruim pela boca. 
Mas esse número não precisava ser tão grande assim, pois a halitose tem prevenção, controle e, na maioria dos casos, cura. 
Na maioria das vezes a halitose provém de hábitos aparentemente inofensivos que podem ser facilmente mudados curando o mau odor da boca.
Costumes do dia-a-dia, aparentemente inofensivos, também podem causar mau hálito.
“Dormir de boca aberta, ter uma vida sedentária, ir para a cama sem escovar os dentes, ficar longos períodos sem comer, não mastigar bem os alimentos e não ir ao banheiro regularmente são hábitos que podem acabar contribuindo para o aparecimento da halitose”, diz Ana.
A diabetes pode desenvolver o mau cheiro que ela provoca na boca de quem a tem esta doença,fique atento.

Veja o tratamento do Mau Hálito

 Primeira Receita.

- 04 folhinhas de alfavaca;
- 08 folhinhas de hortelã;
- 03 anises-estrelados (Nome científico Illicum Verum).

Modo de Fazer
- Macere bem as ervas recomendadas, cubra com uma xícara de      água fria e deixe por 04(quatro) horas em local fresco.
- De hora em hora, tome 01 (uma) colher de sopa.

A pessoa com mau hálito deve usar 08 (oito) copos de água por dia, nos intervalos das refeições.
É importante verificar o estado dos dentes e gengivas.

Segunda Receita

- 08 folhas de menta;
- 03 brotos de pinheiro;
- 04 colheres de sopa de alecrim;
- 01 xícara de água.

Modo de Fazer
Macere as ervas indicadas, cubra com a água, deixe por 04 (quatro) horas e, de 02 em 02 horas, lave a boca em bochechos com este chá.


Fontes Pesquisadas
O Maravilhoso Poder das Plantas, pag 106.
http://saude.terra.com.br/saude-bucal/atualidades/mau-halito-tem-cura-e-e-mais-simples-do-que-voce-pensa,333ad1365fe0f5cb91b887c2954a393bjulykcom.html
http://pt.depositphotos.com/5270230/stock-illustration-bad-breath.html
 https://www.google.com.br/search?q=mau+h%C3%A1lito+tem+cura&client=firefox-b&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwiq2_DPv-PMAhVHRCYKHTr0ACwQ_AUICSgD&biw=1366&bih=657#imgrc=SXDX3spWDj9bxM%3A
 http://www.fotosantesedepois.com/anis-estrelado/